Saúde

Quais os sintomas da má circulação nas pernas? E como tratar?

@pixabay_qimono
@pixabay_qimono

Dr. Eduardo Toledo de Aguiar*

A expressão má circulação nas pernas é muito empregada para se referir aos mais variados sintomas. Dor, sensação de peso e cansaço, formigamento e outras sensações desconfortáveis nas pernas são tidos como manifestação de má circulação ou problema de circulação. Alguns destes podem ser indicativos de problemas sérios de saúde que necessitam atenção médica.

Assim sendo é necessário entender o que é a circulação sanguínea e quais as suas principais doenças para poder entender os sintomas.

Explicaremos em seguida a importância da circulação sanguínea, o que significa a má circulação nas pernas as principais doenças que a afetam, as maneiras possíveis de preveni-las e como tratá-las, de maneira resumida e simples.

Entenda o que é a circulação sanguínea principalmente nas pernas:

O sangue tem que passar por todo o corpo levando nutrientes e oxigênio para o funcionamento adequado do organismo. Existe uma bomba que impulsiona o sangue, que é o coração, e um sistema de tubos altamente especializado que leva o sangue do coração para os diversos órgãos. Estes tubos são chamados artérias. Estas artérias vão se dividindo pelo corpo todo e levando o sangue para nutrição dos diversos órgãos, músculos, ossos e pele. As artérias se tronam cada vez mais finas até chegarem aos capilares que fazem a troca de nutrientes e oxigênio nos diversos órgãos e membros. Após os capilares o sangue é reconduzido de volta ao coração por meio de outro sistema de tubos chamados veias. Ao voltar ao coração o sangue é bombeado para os pulmões, oxigenado e recomeça o ciclo.

Imagine o sangue tendo que voltar das pernas ao coração contra a gravidade. As veias das pernas possuem no seu interior pequenas membranas que formam válvulas que fazem com que o sangue siga sempre no sentido de volta ao coração. Além disso, ao movimentar a perna contraindo a musculatura há compressão das veias e o sangue no seu interior é empurrado no sentido do coração. A musculatura da panturrilha (batata ou barriga da perna) funciona como uma bomba para impulsionar o sangue de volta ao coração.

Assim, ao falar má circulação pode-se pensar num montão de problemas: desde o coração, passando pelas artérias, capilares e veias até a falta de movimento das pernas por lesão muscular. Mas as doenças mais comuns da circulação das pernas são aquelas que afetam as veias e artérias.

 

As doenças da circulação nas pernas:

As doenças da circulação mais frequentes têm todas uma característica hereditária, isto é, se houver histórico na sua família, você tem maior risco de apresenta-las. Manifestam-se na idade adulta.

A doença mais frequente é a doença venosa crônica, as varizes tanto nos homens quanto nas mulheres. As manifestações mais comuns:

 

– surgimento de varizes
– inchaço nas pernas
– sensação de cansaço constante
– sensação de formigamento nas pernas
– manchas marrons na pele das pernas
– pés e tornozelos com inchaços
– sensação de peso nas pernas.

As varizes são mais frequentes nas mulheres, obesas e de vida sedentária – ficam a maior parte do tempo em pé ou sentadas e não fazem exercícios físicos.

A outra doença comum e que afeta as artérias é a aterosclerose caracterizada por placas de gordura que se formam nas suas paredes e provocam sua obstrução, impedindo a passagem do sangue.

 

Os sintomas, quando ocorre nas artérias das pernas, são:

– dor ao andar
– os pés frios e pálidos
– feridas nas pontas dos dedos dos pés ou nos pés e nas canelas (em geral do lado de fora) muito dolorosas.

É doença mais comum nos homens e os fatores de risco são o aumento do colesterol, diabetes e hipertensão. Outro fator importante é o hábito de fumar. Estes doentes têm maior risco de enfarte e de acidente vascular cerebral (AVC) por obstrução das artérias que irrigam o coração e o cérebro.

Veja algumas maneiras de evitar e tratar a má circulação nas pernas:
Assim como existem diversas causas e sintomas para a má circulação, também existem diversas formas de evitar e tratar esse tipo de problema nas pernas.

Algumas práticas e hábitos saudáveis, como mudanças na alimentação e a prática de exercícios físicos, podem ser benéficos para o problema. Veja algumas maneiras de evitar e tratar a má circulação nas pernas:

– praticar exercícios físicos mesmo que em casa
– ter uma alimentação balanceada
– evitar ficar em pé ou sentado durante muito tempo
– evitar o consumo de cigarro
– utilizar meias de compressão
– evitar o uso de roupas apertadas em excesso.

Como é possível concluir, existem diversos fatores que podem levar a problemas de má circulação nas pernas e, por isso, caso os sintomas persistam por um longo período, mesmo com a prática de exercícios físicos e melhora da alimentação, é fundamental procurar um médico especializado.

Além de garantir que a saúde não seja colocada em risco e realizar o diagnóstico correto do problema, o médico também será capaz de definir quais os melhores tratamentos e como deverão ser feitos para solucionar a má circulação.

Dr. Eduardo Toledo de Aguiar – Prof. Livre Docente de Cirurgia Vascular (FM/USP). Diretor da Spaço Vascular